Sistema de ônibus em Quebec

Talvez eu esteja redondamente enganada, mas vou colocar minhas impressões depois de uma semana utilizando apenas ônibus aqui em Quebec.

Inicialmente preciso dizer que não utilizei as linhas chamadas "express" que pelo que entendi só funcionam em horários de pico, ligando o bairro ao centro, ou vice-versa. Então pode ser que um local que eu achei pouco servido de ônibus na verdade não o seja, contanto que seja em dias da semana, em horário de rush.

Não achei os mapas das linhas de ônibus bem explicativos, pois não constam todas as paradas que o ônibus fará, o que as vezes me deixa muito perdida. Outro ponto negativo é que se em determinado ponto passam 10 linhas, só tem afixado o mapa de no máximo três delas. Se você não tiver pego o mapa da linha que te interessa em um dos pontos de distribuição pode ficar completamente perdido ou ficar 1 hora esperando um ônibus que nunca passa, pois sua freqüência é baixa. Nesse ponto achei o sistema de informação das rotas de ônibus de Coimbra, em Portugal, onde morei em 2006/2007, bem melhor.

Também notei que são pouquíssimos os pontos de ônibus com calefação, o que deve ser preocupante no inverno. Antes que alguém ache que estou pedindo demais, estou dizendo isso pois quando morei em South Lake Tahoe, nos USA, vários pontos de ônibus eram aquecidos, o que salvava a pátria quando estava -20ºc.

Achei a cidade de Quebec bem espalhada então para chegar em um bairro mais afastado são pelo menos 40 minutos de ônibus do centro (se não tiver que pegar 2 ou 3 linhas, o que pode aumentar muito isso). Até aí tudo bem. O problema é que alguns bairros não são bem servidos de ônibus. Pelo que pude notar fora o metrobus (que passa a cada 10mn durante a semana e 15mn no fim de semana) apenas algumas linhas tem ônibus passando 3, 4 ou 5 vezes na hora. Vi algumas regiões onde a freqüência é de apenas 1 ônibus por hora e apenas uma linha serve a região. As vezes tem outra a uns 15mn de caminhada o que é tranquilo nessa época, mas não será em pleno inverno.

Uma coisa que não cabe em minha cabeça é, por exemplo, a programação dos metrobus 800 e 801. A partir de certo ponto e até Ste-Foy os dois fazem o mesmo percurso e passam a cada 10mn durante a semana. Mas, ao invés de intercalarem, fazendo com que um passe aos '05 e o outro aos '10, por exemplo, os dois passam ao mesmo momento. Ou seja, poderia se ter num percurso bem grande um metrobus a cada 5mn, mas do jeito que fizeram temos 2 linhas que vão fazer o mesmo percurso durante uns 30mn que chegam exatamente ao mesmo momento. Se perdermos temos que esperar mais 10mn pelos próximos.

Por tudo isso, acho que a menos que se more no centro, em montcalm ou, com muito boa vontade, bem próximo aos locais servidos pelo metrobus (algumas areas de Ste-Foy, Limoilou, Charlesbourg e Beauport) o carro começa a se tornar uma necessidade e não mais uma opção.

Eu certamente optaria por morar em Montcalm caso não tivesse meus cães - ou os proprietários dos imóveis desse bairro fossem mais pet friendly - pela facilidade de se chegar ao centro da cidade de ônibus ou mesmo a pé, caso o tempo esteja bom. E também não descartaria um studio renovado no centro antigo, mas nesse caso acho válido apenas para quem está sozinho. Com família é tudo bem diferente.

Acabei fugindo um pouco do assunto do post o que não era a intenção. Sobre os diferentes bairros eu pretendo escrever depois quando tiver mais familiarizada com tudo, pois ainda conheço bem pouco.


Local ideal. Em frente ao Parc des Champs de Bataille. Quem sabe um dia...

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • Twitter
  • RSS

3 Response to "Sistema de ônibus em Quebec"

  1. Alexei says:
    28 de maio de 2010 23:12

    Já conheces o Trajecto? Ele faz a programação de linhas e horários para chegarmos a qualquer lugar de Québec. (http://trajecto.rtcquebec.ca). E quanto á frequencia das linhas Metrobus 800 e 801, na prática eles se intercalam e normalmente não esperamos nem 5 minutos. Também contando que no trecho mais utilizado, de Sainte-Foy até o centro nos horários de pico, também tem os 80X. E vão criar a linha 803 que vai fazer um círculo mais aberto pelo norte da cidade. Outra novidade é que podemos ir de bicicleta até a parada, colocá-la nos suportes frontais dos Metrobus e continuar o percurso com ela.
    À la prochaine.

  2. Manuela says:
    30 de maio de 2010 08:14

    Oi Alexei,

    Conheço o trajecto sim. Usei muito no começo. E me dei mal uma vez porque esqueci de mudar o horário que eu queria e fiquei um tempão esperando passar o express num horário que ele não passava. rs.

    Olha, até concordo com você que tem horários que a frequencia do ônibus é menor, mas fico impressionada como tem outros que passa o 800, o 801 e o 800x um seguido do outro (parando ao mesmo tempo) e se perder tem que esperar os 10mn sem choro nem vela. Já aconteceu comigo bastante. (sou mestre em estar a 1mn de distância quando o ônibus passa). Ah, claro que isso também ocorre muito no Brasil.

  3. merciquebec says:
    30 de maio de 2010 18:46

    opa, mega dicas já acordei aqui. valeu=0)