Segunda parada: Estados Unidos, “a aventura”


Voltei ao Brasil no 2º ano do segundo grau, prestei vestibular e entrei para a faculdade de direito. Um ano antes de me formar encasquetei que iria realizar um antigo sonho: estudar inglês nos USA. Pesquisando qual escola se enquadraria no meu reduzidissimo orçamento (que na época se resumia a menos de R$ 1.000,00 e muita cara de pau para pedir um pouco de dinheiro para mãe, pai, avó, tio, vizinho, conhecido e desconhecido) dei de cara com um programa desconhecido nessas bandas do nordeste: o work experience

A proposta era ir para os USA com um visto que me permitia trabalhar legalmente por até 4 meses, pagando para isso o equivalente a 1 mês de curso de inglês numa escola chinfrim. Era perfeito! Quatro meses era muito mais do que eu esperava. E ganhar dinheiro que me permitiria comprar umas bugigangas era um plus irrecusável.

E assim, em dezembro de 2002, após concluir meu curso de direito, rumei para South Lake Tahoe, uma estação de esqui na fronteira dos Estados de Nevada e da California. Dessa vez nenhuma mordomia. Tive que correr atrás de tudo: visto, passagem aérea, programa de intercâmbio, estadia, roupas... 


Apesar de cair de paraquedas em um pequeno hotel carinhosamente apelidado de ThunderFLEA (de pulga mesmo) onde se desenvolviam algumas atividades suspeitas (leia-se boca de fumo), quase ter quebrado minha perna no primeiro dia porque, inexperiente, resolvi subir na estação de esqui com uma bota de cidade, com solado liso, e de outros muitos micos, eu sobrevivi. Para espanto de alguns, já que sou sócio-fundadora do clube dos sedentários, trabalhei em uma estação de esqui porque coloquei na cabeça que queria  aprender a esquiar. Sou assim, só gosto de esporte difícil (vai esquiar na Paraíba...). Acho que porque diminui muito as chances de ser obrigada a praticar. Mas, enfim, amei a experiência. Aprendi a esquiar e “snowbordear” depois de muitas quedas. Ah, e trabalhei nos intervalos. 

Como tudo que é bom dura pouco quatro meses depois eu estava de volta  à labuta, advogando de verdade no Brasil.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • Twitter
  • RSS

1 Response to "Segunda parada: Estados Unidos, “a aventura”"

  1. Lipee says:
    30 de agosto de 2010 17:42

    outra semelhanca.. fiz WE pela IE tambem, sendo que em 2007 pra Park city, ut..

    lake tahoe na epoca era uma vontade minhaa.. =)

    continuando ledno..