E o inverno? (parte 3)


Em posts anteriores eu já falei sobre como eu acho que devemos encarar o inverno e sobre o que é importante ter no nosso guarda-roupa. Mas, acho que uma questão que quem nunca viu neve se faz é o quanto o inverno atrapalha (ou não) nosso dia a dia em Québec.




Transporte

Nesse quesito o impacto do inverno depende muito se se tem um carro ou utiliza ônibus, se mora perto ou longe do trabalho, etc. 

No meu caso eu não tenho carro então não tenho que me preocupar em tirar neve do carro, desenterrar o carro da neve, aprender a dirigir na neve, etc. Apesar de muita gente ter carro sem garagem coberta (ou local para montar o abrigo) eu imagino que não deve ser nada prazeroso ter que desenterrar o carro depois de uma tempestade de neve. Assim, acho que uma garagem coberta é uma alegria nesse momento do ano. Quanto a dirigir no inverno eu não tenho ideia de como é pois até agora não tive coragem de tentar. Mas, tenciono fazer uma aula de auto-escola no primeiro inverno que eu tiver um carro para chamar de meu.

Update: acabo de lembrar de algo. Pelo que pude notar, o pior de dirigir no inverno são os dias de pluie verglaçante, ou chuva congelante. Ou seja, não é neve. É uma chuva que congela quando toca no solo (ou qualquer outra superfície) deixando a estrada tao escorregadia quanto uma pista de patinação.

Como eu utilizo ônibus e raramente saio da parte alta da cidade (fico na linha do 800-801 90% da minha vida) sinto pouco impacto do inverno, pois mesmo quando ha uma tempestade e considerando a frequencia do metrobus raramente o ônibus atrasa muito. No entanto, quando eu dependia da linha 16 eu já fiquei 1 hora esperando o ônibus no frio por conta de uma tempestade de neve que o atrasou.




Calçadas


No inverno, ande como um pinguim. Essa é a melhor dica que posso dar, sobretudo nos dias em que uma camada de gelo se forma na calçada, seja pela chuva congelante ou pelo efeito derrete-congela que torna a calçada uma bela pista de patinação. Outra dica: Se a calçada brilhar ande mais devagar. Provavelmente é o reflexo do sol no gelo transparente que a cobre. Por outro lado, se estiver branquinha de neve é relativamente seguro. Salvo se tiver uma camada de gelo embaixo de uma fina camada de neve.

Resumindo: Todo cuidado é pouco.

No meu primeiro inverno em Québec eu quase passei ilesa. Só  tive uma queda, quase no fim do inverno, mais precisamente no meio de março. Esse ano a coisa está pior, acredito que pelo clima mais ameno e mais propenso a chuva congelante e ao efeito derrete-congela. Ja cai duas vezes, a ultima hoje mesmo.


Extremidades congeladas

Ja se sentiu congelando? Eu já. E posso garantir: não é nada agradável. Normalmente, se você usa as roupas adequadas não terá problemas com isso. Só  não faça como eu. Não resolva ir tirar fotos no parque quando faz -18 graus com pouca roupa de inverno só porque depois você vai ao shopping e não quer ficar carregando um casaco pesado la dentro. Também não aconselho a ficar falando ao celular no exterior, sem luva, com um frio de -15 graus por mais de 2mn.

Mas, se mesmo usando a roupa adequada e as luvas você ainda sentir o corpo congelando aconselho a comprar uns pacotes de Toes Warmer no dollarama ou no ebay.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • Twitter
  • RSS

3 Response to "E o inverno? (parte 3)"

  1. la vie est belle dans la belle province says:
    28 de fevereiro de 2012 19:08

    falar no celular com friozao ... bad, bad idea! em 2007 (recém chegada e *virgem* de inverno) arrisquei uma conversa no cel com uma amiga, que tive que interromper por estar com a mandibula dura e nao conseguir mais articular as palavras ..... é, aprendi :-)

  2. Tips Make Up Natural says:
    31 de março de 2012 08:14

    Im adam from USA, ilike your blog

  3. Anônimo Says:
    2 de abril de 2012 14:36

    OIIII!!!!

    Nossa, conheci seu blog agora e adorei!
    Suas dicas valem muito a pena.....sou de POA/ RS e estou só aguardando meu TCFq para enviar e seguir no processo...não vejo a hora de chegar ai e sentir tudo na pele....rsrsrsrs
    Sucesso para vc e parabéns pela conquista no mercado de trabalho viu?
    Ah, sou nutricionista e meu marido é estatistico.....se puder nos dar alguma dica sobre nossas áreas....segue meu e-mail: vanalves001@gmail.com

    Bjs
    Vanessa Alves